o que descontar do salario da empregada domestica

Valores a Pagar para Empregada Doméstica.
O restante fica por conta do empregador.
Deu pra entender como deve ser informada a legislação sobre essa cobrança?
Tabela de contribuição mensal do empregado (vigente a partir de 1 de Janeiro de 2013).A obrigação é da empregada de pagar os alimentos para ganhar massa muscular rápido 8 dela no caso de salários de até.247,70.Quais são os direitos e deveres de cada um dos envolvidos nesse caso?"Se ele antes não descontava e agora vai começar a descontar, poderá ser um problema futuro na Justiça.Bom, entender isso pode evitar constrangimentos e estresse desnecessário a todos os envolvidos em um contrato de trabalho de empregada doméstica.Esta, além do salário, regulamenta uma série de outros direitos da categoria.Contudo, os 12 do patrão também incidirão sobre.087 (totalizando R 130,44).Salário-hora: R5,00, valor da hora extra dominical ou feriado: R5,00 x 2 R10,00, valor total de horas extras no feriado ou domingo 10 x R10,00 R100,00.Advogados alertam que funcionário não pode ter redução de salário.Recolhimento, a especialista Silvia salienta, ainda, que a obrigação de recolher o inss é do patrão, ou seja, ele não pode dar o dinheiro na mão do empregado para ele fazer o recolhimento.Apenas se especificado em contrato é que o empregado será responsável por arcar com esses custos.É uma situação onde todos ganham, e a motivação do empregado não será tão abalada.Não pode haver exageros, como a cobrança de 2x o valor do prejuízo, mas é recomendável que exista a possibilidade do empregado poder parcelar o prejuízo causado.
Cálculo de horas extras é bem simples; é o valor do salário-hora adicionado de 50, vezes o total de horas extras.




O empregador não pode cobrar do empregado doméstico valores que decorrem do desgaste natural de bens ou da manutenção destes.O que o empregador pode descontar do empregado doméstico?Hora Extra, vale lembrar os numeros sorteados da tele sena das maes que horas extras não podem exceder 2 horas diárias exceto em casos excepcionais.Na opinião de Silvia, aliás, se o patrão optar por fazer o aumento salarial e passe a descontar sobre o novo valor, ainda é possível que um juiz, no futuro, avalie que o doméstico teve uma perda de benefício.No final, os gastos do patrão serão de R 1 mil (pagos ao funcionário mais o recolhimento de R 86,96 do inss do funcionário, mais R 130,44 da sua parte do inss: totalizando.217,40 (valor superior aos R 1,2 mil gastos atualmente).Advogados trabalhistas alertam que, apesar de o desconto tributário ser previsto, o funcionário não pode ter redução de salário ou perder um benefío garantido anteriormente.Valor.S.R Repouso Semanal Remunerado sobre Horas Extras.Mas deve haver um pouco de bom senso.
Empregadores que hoje absorvem na totalidade os recolhimento.
"A obrigação de recolher para o inss é do empregador, ele tem a obrigação de fazer o recolhimento diz ( saiba aqui como fazer o recolhimento ).



Em um exemplo de um funcionário que hoje recebe R 1 mil, o total recolhido ao inss é de R 200 (R 120 dos 12 do patrão e R 80 dos 8 do funcionário).
O salário total é de R1285,00.
Será que você pode cobrar a empregada doméstica por esse prejuízo?

[L_RANDNUM-10-999]